Os melhores profissionais de Certificado Energético

Os melhores profissionais de Certificado Energético

Tecnologia de IA que seleciona os melhores profissionais para si em 10 segundos.

300+ profissionais avaliados
24/7 suporte
O destino nº1 para serviços profissionais
review image

O que os clientes dizem

4.6

classificação média com base em 23 avaliações de clientes

Perguntas Frequentes

Para que serve o certificado energético?

O certificado energético é um impresso legalmente exigido por lei em Portugal desde 2013. O seu objetivo é avaliar o padrão de eficiência energética de um estabelecimento, habitação ou edificações similares. Varia entre A+ e F, o que corresponde à maior e menor poupança de energia, respetivamente. Neste documento pode também encontrar informações do espaço que contribuem para a classificação, como o ano de construção, áreas, isolamentos e ano de construção. Contém também informações úteis relativamente a passos que pode seguir para aumentar o nível energético do imóvel, como montagem de painéis solares, isolamento  ou vidros duplos.



 

Porque é benéfico pedir um certificado energético?

Apesar de obrigatório em determinados casos, pedir a avaliação da certificação energética do seu prédio ou imóvel pode ser altamente benéfico por diversas razões:

  • Ensina-lhe a saber o que fazer para poupar;
  • Recomendações para aumento da eficiência energética;
  • Aumento do valor do seu imóvel em até 10%;
  • Redução de custos de manutenção e faturas;
  • Benefícios fiscais no Imposto sobre Imóveis (IMI), Imposto Municipal de Transmissões  Imóveis (IMT) e taxas de reabilitação.

O investimento para fazer crescer a eficiência energética do seu imóvel, apesar de parecer caro, é uma medida que lhe traz imensa poupança. Seguir as recomendações de eficiência e obter um B- ou mais numa seguinte avaliação dispensa o pagamento da certificação.



 

Qualquer pessoa pode pedir um certificado energético?

Não. O pedido de certificação só pode ser feito única e exclusivamente pelo proprietário do imóvel. O pedido deverá ser feito a uma empresa de certificação e à própria entidade responsável pela emissão, a ADENE.



 

Quando é obrigatório pedir certificação energética?

Qualquer proprietário de um imóvel deverá ter um certificado energético dentro do prazo de validade. No entanto, é obrigatório pedir um certificado nas seguintes situações:

  • Edifícios novos;
  • Edifícios com obras de reabilitação superiores a 25% do valor total;
  • Estabelecimentos comerciais com área superior a 1000 metros quadrados, ou 500 metros quadrados para centro comerciais e mercados;
  • Edifícios públicos com área útil maior que 250 metros quadrados;
  • Contratos de venda e arrendamento;

Que fatores influenciam a certificação energética?

Existem diversos fatores que contribuem para a certificação energética final do seu imóvel. De acordo com a lei em vigor, são avaliados os seguintes parâmetros:

  • Localização do imóvel;
  • Piso e área;
  • Constituição de paredes, pavimentos, vidros e coberturas;
  • Ventilação;
  • Aquecimento e arrefecimento;
  • Produção de água quente;
  • Energia solar;
  • Ano de construção.

O conjunto de todos estes pontos é o que vai determinar a eficiência energética final do seu imóvel.



 

Existem edifícios que não requerem certificado energético?

Sim. A isenção de elaboração do certificado energética é permitida em casos de:

  • Espaços industriais com requisitos energéticos mínimos;
  • Superfícies com presença humana inferior a 2 horas por dia;
  • Edifícios religiosos;
  • Organizações militares ou de acesso confidencial;
  • Ruínas ou prédios em processo de demolição;
  • Prédios unifamiliares de área inferior a 50m2.

Porque devo usar a YourHero para contratar um certificador energético?

Os nossos parceiros YourHero oferecem serviços com a maior garantia de qualidade e segurança do mercado. Irá estar a contratar profissionais capazes, com avaliações reais e com todas as devidas licenças. Estes poderão realizar qualquer deslocação a nível nacional e ainda dar-lhe-ão recomendações para aumentar o nível do seu certificado energético.

Que tipo de trabalhos os profissionais YourHero podem realizar?

Os nossos peritos, para além de fazerem a certificação energética e avaliarem todos os parâmetros já mencionados, podem ainda dar-lhe recomendações para aumento da eficiência energética do seu imóvel. Além do mais, as empresas de certificação energética têm ainda setores que podem tornar estas medidas uma realidade, como:

  • Instalação de climatização;
  • Montagem de painéis solares;
  • Isolamento de paredes e pavimentos;
  • Montagem de vidros duplos e caixilharia eficiente.

E outras obras que contribuem para o aumento da sua certificação energética. Estas irão-lhe permitir poupar imenso durante o tempo de vida do seu imóvel.

É necessária uma vistoria?

Para emissão de certificado energético, é sempre necessário uma vistoria. Quando o documento for emitido, deverá ter consigo os seguintes documentos:

  • Registo do imóvel na Conservatória;
  • Caderneta Predial;
  • Cartão de Cidadão;
  • Plantas do imóvel;
  • Especificações técnicas dos materiais.

Só assim o técnico de certificação poderá avaliar todos os parâmetros e produzir uma certificação fidedigna da eficiência energética do seu imóvel. Ao mesmo tempo, pode também elaborar o orçamento de todo o processo, de forma confiável e sem custos adicionais. 



 

Quanto custa um certificado energético?

O valor final da certificação irá depender da empresa responsável pelo certificado energético, das áreas, da localização, da necessidade de deslocações e da tipologia do imóvel. Após o orçamento, saberá exatamente o valor a pagar. É também necessário pagar a emissão do certificado, mas estes valores são tabelados de acordo com as diferentes tipologias.



 

Qual é o valor médio de um certificado energético?

Geralmente o valor de uma certificação energética tem um custo para o cliente entre os 150€ e os 300€. Como já referimos, este valor vai depender da área e tipologia do imóvel. Em casos de imóveis grandes ou de tipologias comerciais, este valor poderá ultrapassar os mil euros. Relativamente à emissão do certificado, os valores são definidos pela lei:

  • 28,00€ para imóveis T0 e T1;
  • 40,50€ em Imóveis T2 e T3;
  • 55,00€ em Imóveis T4 e T5;
  • 65,00€ para Imóveis T6 ou superior;
  • 135,00€ para edifícios comerciais de área menor que 250 metros quadrados;
  • 350,00€ em áreas maiores que 250 e inferiores a 500 metros quadrados;
  • 750,00€ para áreas maiores que 500 e inferiores a 5000 metros quadrados;
  • 950,00€ em áreas maiores que 5000 metros quadrados.

A entidade responsável pela emissão é a Adene, Agência Nacional de Energia, e a quem são pagos os valores supramencionados.



 

O que acontece se vender o meu imóvel sem certificado energético?

Vender, trespassar ou alugar um imóvel sem certificado energético poderá ser considerado um crime e poderá conduzir a multas que variam entre os 250€ e 3740€ para privados e 2500€ a 44890€ para empresas. Por esta razão, deverá sempre pedir o certificado energético do seu imóvel em caso de venda, aluguer ou trespasse.



 

Quanto tempo dura o processo de certificação?

O processo varia consoante as áreas e a tipologia do prédio. No entanto, é esperado que em apenas algumas horas, geralmente menos de duas, tenha o seu certificado pronto a ser elaborado. Após a visita, em 2 a 3 dias deverá receber o certificado com a classificação final e eventuais recomendações e realizar o respetivo pagamento à ADENE.

Durante quanto tempo é válido um certificado?

A validade do certificado energético varia de acordo com a tipologia do imóvel. Para habitações residenciais e pequenos estabelecimentos comerciais, o certificado é válido por um período de 10 anos. Para grandes edifícios, o prazo varia entre 6 a 8 anos, dependendo se a emissão do certificado inicial foi realizada antes ou depois de 30 de Abril de 2015. 



 

É possível contratar um serviço de certificação energética em qualquer parte do país?

Sim, claro. Os profissionais YourHero têm toda a disponibilidade e gosto em realizar trabalhos de certificação a nível nacional. Qualquer deslocação fará parte do orçamento deste processo de certificação.



 

Os técnicos YourHero fornecem os materiais necessários?

Se quiser seguir as recomendações mencionadas no seu certificado energético, poderá pedir um orçamento à entidade responsável pela certificação. Estas geralmente oferecem este serviço de melhoramento ou trabalham em parceria com empresas que o façam. Em qualquer um dos casos, todo o material necessário será fornecido pelos menos e geralmente a um custo inferior do que adquiri-los em superfícies comerciais, já que têm contacto direto com os fornecedores.



 

É possível a utilização de material sustentável?

Aumentar a classificação de  eficiência energética é em si uma medida altamente sustentável e que permite poupanças enormes. Ainda assim, hoje em dia muitos dos materiais utilizados em isolamento e pavimentos são obtidos a partir de fontes sustentáveis e contribuem para o melhoramento da sua certificação.



 

Posso realizar a minha própria certificação energética?

Não. Para além de ser um processo com implicações legais, qualquer indivíduo sem a devida licença ou permissão para realização de certificações energéticas estaria a incorrer no crime de fraude. Além disso, a certificação energética é um processo muito mais em conta do que as multas que possam surgir de não a possuir. As próprias medidas que poderá eventualmente tomar são também muito vantajosas e permitirão uma poupança enorme a longo prazo.